Outras Mídias: Lost

Esse post é para falar de fantasia em uma outra mídia, no caso, na televisão. Esse grande parênteses no blog é basicamente dedicado a uma das maiores séries de fantasia de todos os tempos, Lost.

Peraí, desde quando Lost é uma série de fantasia?

*este post contém spoilers sobre as seis temporadas da série, incluindo o gran finale*

Para quem só ouviu falar, Lost é uma série de aventura e drama sobre um grupo de sobreviventes de um desastre aéreo que vai parar em uma ilha no meio do pacífico. O grande plot de Lost é mostrar o conflito desses personagens, mostrando suas histórias pessoais dentro e fora da ilha, seus problemas, suas conexões e dúvidas.

Maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaas… Mais

Anúncios

Essa semana…

Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em participar? Saiba como aqui!

Achei essa iniciativa muito  legal e como estou trabalhando para a divulgação do Livros de Fantasia, achei a idéia ótima para conseguir integrar o pessoal de outros blogs literários. Então, se você tem o seu blog, por favor, comente nesse post colocando  o seu endereço para que a gente possa fazer uma rede bacana através desse post.

Leitura do momento:
Crônicas do Mundo Emerso III, Licia Troisi
A Christmas Carol, Charles Dickens

Li essa semana:
The Year of the Flood, Margaret Atwood

Resenhei essa semana:
Crepúsculo, Stephanie Meyer

Super Posts:
Os Sete
Crônicas do Mundo Emerso 1

Ultima Compra:
As Guerras do Mundo Emerso, Lícia Troisi

Desejo Comprar Urgentemente:
Percy Jackson and the Olimpians, Rick Riordan

Conversa imaginária com personagem fictício:
“Pára, Ron. É sério agora”

Eu falaria para o autor:
“Stephen King, por favor, escreva mais fantasia! Eu preciso de algo depois de A Torre Negra!”

Estado de Espirito Literário:
Não tenho tempo pra ler NADA! *frustrada*

Literary Crush (paixão literária do momento):
Margaret Atwood (é sci-fi, então tá pertinho pertinho da imaginação…)

Queria ver no Brasil:
City of Ember, Jeanne DuPrau

Im in mood for… (gênero literário do momento):
Sci-fi!

Na próxima lista de compras
Sandman, Neil Gaiman.
Stardust, Neil Gaiman.

Meta até o fim do ano

Resenhar Percy Jackson
Fazer o podcast de Harry Potter
Ampliar o blog para Livros de Fantasia e Sci-Fi (aí ninguém me segura nunca mais…)

Escolhendo o livro para uma próxima resenha. Ah, e talvez tenhamos uma convidada especial por aqui para comentar a série Mediadora da Meg Cabot. *dançando feliz*

Crepúsculo

Título: Crepúsculo
Título original: Twilight
Autor: Stephanie Meyer
Ano de publicação: 2005
País de origem: Estados Unidos
Tradução: Ryta Vinagre
Editora: Intrínseca – 390 páginas

Eu li Crepúsculo antes da modinha maldita. Peguei por acaso um folheto promocional da Intrínseca e li o primeiro capítulo. Achei legalzinho e li o resto da internet (momento assumindo a pirataria). Várias amigas minhas online indicaram o livro dizendo que era muito bom, então eu dei fé e li mesmo. Achei uma leitura mediana, mas não chegou a me empolgar a ponto de ler os próximos volumes. Algum tempo depois, com o lançamento do filme, a série virou um fenômeno mundial que balançou o mercado dos best-sellers trazendo uma atenção imensa a livros que abordam o tema sobrenatural, principalmente envolvendo vampiros. Prometo que vou tentar ser imparcial nesse post. rs

O livro como todo mundo já sabe é contado do ponto de vista de Bella Swan, uma garota da Califórnia que se auto-exila em uma cidadezinha do interior de Washington a fim de dar à mãe a liberdade de curtir seu segundo casamento. Esse ato aparentemente e superficialmente altruísta serve como justificativa para a maioria das ações de Bella durante o livro. Nessa cidade onde chove e fica nublado o tempo todo, Forks, Bella tenta se adaptar à nova realidade. No entanto, ela se sente excluída. As pessoas, apesar de convidativas, não lhe parecem interessantes e ainda por cima ela tem que lidar com a relação de estranhos que tem com o pai. Isso tudo frequentando o ensino médio. rs Mais