As Guerras do Mundo Emerso Vol.2 – As Duas Guerreiras

Título em português: As Guerras do Mundo Emerso Vol.1 – A Seita dos Assassinos
Título Original: Le Guerre Del Mondo Emerso – Le Due Guerriere
Autor: Licia Troisi
Ano de publicação: 2007
País de Origem: Itália
Tradução: Mario Fondelli
Editora: Rocco
Número de páginas: 396

As Duas Guerreiras é o segundo volume da série As Guerras do Mundo Emerso. Para ler a resenha do primeiro livro, clique aqui.

A saga de Dubhe continua bem como suas dúvidas em relação à Guilda dos Assassinos. Agora ela tem que decidir se ajuda o Conselho dos Magos a salvar o Mundo Emerso ou se procura a cura para A Fera sozinha.

Já falei no post anterior que gosto muito da caracterização de Dubhe porque ela não é chata e não cansa. No entanto, nesse novo volume achei que a coisa ficou muito repetitiva. Tudo bem que ela está sofrendo, mas chegou um ponto em que a leitura ficou um pouco cansativa com todo aquele “Ah o desejo de matar” ou “Sou uma condenada, não tenho escolha”. Tudo bem que isso faz parte do momento que a personagem está vivendo, de baixa auto-estima e negação, mas poderia ter sido mais curto.

O livro não tem o mesmo rítmo eletrizante do primeiro, mas a trama se desenvolve de um jeito interessante. Os paralelos com Crônicas do Mundo Emerso são muitos, mas o clima é diferente. É como se houvesse uma descrença geral no Mundo Emerso e ninguém realmente acredite que as coisas possam melhorar. É uma crítica interessante ao mundo que é sempre salvo por um grande líder para depois ser tomado por um grande vilão e ser salvo mais uma vez somente para cair nas garras do mal de novo… Vale lembrar que a visão do mundo como uma roda não é novidade na literatura de fantasia.

Salvar o Mundo Emerson agora depende de uma aliança entre o Conselho dos Magos, a Terra do Mar e a Terra da Água. Para isso, eles precisam impedir que Yeshol de alguma forma ressucite o Tirano! Lonerin e Dubhe (se bem que nunca sabemos se ela realmente está na missão) precisam buscar a única pessoa viva que ainda possui algum conhecimento que possa derrotar Yeshol: o mago Senar!

Um destaque sensacional do livro vai para Rhea, a guardião dos venenos e inimiga pessoal de Dubhe. O leitor acompanha a o jornada da loira mais cruel do Mundo Emerso do ponto de vista dela também! E mais, temos acesso a flashbacks de seu passado! E é um elemento incrível ver o quanto a jornada de Rhea se assemelha à jornada de Dubhe. E temos aí mais um elemento marcante dos livros de fantasia: o vilão é o herói de sua própria história.

Lonerin ganha mais destaque no volume e confesso que superei um pouco a questão de ele se parecer muito com Senar. Afinal de contas, entendi que a coisa foi proposital uma vez que Lonerin tem uma adoração quase doentia com Senar e imagino que no futuro ele terá que se libertar dessa idéia.

Para os que curtem uma dose de romance nos livros de fantasia, As Duas Guerreiras aborda a questão, mas talvez não da forma que a maioria das pessoas imagina. Não vou estragar surpresas, mas digo que é bem realista.

Ido também volta ao núcleo dos personagens principais e as cenas de ação são eletrizantes e muito bem escritas.

SPOILER

Durante todo o volume, ficamos esperando ansiosos pelo aparecimento de Senar, que tinha se mandado para além do Rio… No final do livro, temos o tão esperado reencontro com Senar e eu achei simplesmente genial. Ver Senar velho, amargurado, atormentado pela perda de Nihal, perdido, sem saber o que fazer, descrente… O choque entre Lonerin e Senar foi muito tocante, uma vez que Lonerin representa a esperança que Senar um dia teve.  A caracterização de Senar foi perfeita, sem idealismos e sinceramente, eu chorei na cena em que ele visita o túmulo de Nihal.

FIM DO SPOILER

Enfim, As Duas Guerreiras não é tão fantástico quanto o primeiro volume, mas é uma continuação que vale a pena ser lida. Principalmente por conta do desenvolvimento das personagens e porque, é claro, o leitor sempre quer saber o que vai acontecer no final. E eu digo que o final desse livro deixa a gente quase querendo morrer de tanta curiosidade.

O fim da trilogia Guerras do Mundo Emerso vem com o volume Um Novo Reino, que ainda não foi traduzido no Brasil. Só nos resta esperar. Assim que sair, eu posto a notícia aqui.

Anúncios

6 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Camila
    jun 07, 2011 @ 20:00:14

    Nossa, cada vez que vejo comentários sobre esses livros, penso em como fui besta de perder aquela promoção que tinha no Submarino!! Agora quero ler, mas ao livros estão muito caros!! hahaha
    Beijos
    Camila – Leitora Compulsiva

    Responder

  2. Melissa
    jun 09, 2011 @ 13:45:11

    Aquela promoção salvou muita gente. Agora os preços estão mais caros, mas imagino que quando lançarem o livro 3 de “Guerras” vai rolar outra promoção.

    Responder

    • Camila
      jul 18, 2011 @ 13:18:54

      Bom… como tenho muito livro para ler ainda, vou esperar outra promoção!! Se eu comprar agora, provavelmente não terei tempo de ler… então melhor esperar mesmo!! hehehe
      Beijos
      Camila – Leitora Compulsiva

      Responder

  3. Trackback: Lista de Livros Lidos em 2011 « Mundo de Coisas Minhas
  4. 18+
    fev 21, 2012 @ 17:37:32

    Fiquei super curioso para ler este livro.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: