As Brumas de Avalon – Vol.3 O Gamo Rei

Título: As Brumas de Avalon – Vol. 3 – O Gamo Rei

Título original: The Mists of Avalon

Autor: Marion Zimmer-Bradley

Ano de publicação: 1982

País de origem: Estados Unidos

Tradução: Waltensir Dutra

Editora: Imago [mas minha edição é da Nova Cultural e tem 262 páginas]

O terceiro volume da série é o primeiro a trazer no título uma referência masculina: o Gamo Rei, o próprio Arthur. Mas não se enganem. A narrativa da série ainda continua a ser do ponto de vista feminino, principalmente através de Morgana e Gwenhwyfar (eterno Ctrl C + Ctrl V). Para ler a resenha dos livros anteriores, A Senhora da Magia e A Grande Rainha, clique aqui. Mas agora, passado uns bons anos, as duas mulheres começam a pensar melhor sobre seu passado e tudo aquilo que perderam.

Morgana, auto-exilada de Avalon por conta da revolta contra sua tia Viviane, a Sacerdotisa do Lago, começa a sentir os pesos da idade e a se sentir mal pelas coisas que não fez. A verdade é que ela começa a perceber que não é capaz de ajudar Arthur e que seu relacionamento com Lancelot já não tem mais chance alguma, uma vez que ele está de vez apaixonado por Gwenhwyfar. O triângulo amoroso mais famoso do mundo (Arthur + Gwenhwyfar + Lancelot) começa a funcionar de vez, e mesmo rezando mil vezes por dia, a rainha loira não consegue aliviar a consciência nem os desejos loucos em relação ao melhor amigo de seu marido. Obviamente, o caso se torna público. Com medo que o affair possa destruir a reputação de Arthur, Morgana começa a tramar para que Lancelot se casa com outra mulher. E quem melhor do que a bela Elaine, tão parecida com Gwenhwyfar quando jovem?

O livro avança inevitavelmente para uma rede de intrigas que não pode acabar bem. Desde as primeiras páginas, o leitor fica com a sensação de que já não é possível fazer mais nada. O que tinha que ser feito, tinha que ter sido feito no passado, e agora só resta remorso. Mas ao contrário do que alguns possam pensar, isso não deixa o livro maçante, pelo contrário, é uma leitura rápida com reviravoltas muito interessantes. Especialmente em relação a Morgana, que é forçada a fazer escolhas difíceis como voltar para Avalon ou até mesmo se casar.

Um personagem importantíssimo aparece na trama. É Kevin, o novo Merlin da Bretanha. E é impressionante como Marion Zimmer-Bradley consegue nos fazer conectar com ele, mesmo que ele tenha idéias potencialmente perigosas! O embate entre Kevin e Gwenhwyfar também rende ótimas páginas. Inclusive, a loira agora começa a sentir o desespero de não ter engravidado e gerado o tão esperado herdeiro do trono. Enquanto isso, Morgause cria o filho de Morgana e Arthur, Mordred, no Norte sob sua poderosa influência. É, a gente sabe que nada de bom pode sair da Morgause e do Norte. hahahaha

Apesar de não ser o melhor volume da série, O Gamo Rei faz a preparação para o grande final desse épico de Marion Zimmer-Bradley. Reflexões profundas e importantes são feitas ao longo do livro e temas como solidão, divisão entre espaço público e privado, sexo e homossexualidade são abordados abertamente e com bastante naturalidade. Com certeza é uma leitura preciosa para todos que gostam de um bom livro de fantasia ou aqueles que simplesmente curtem uma boa história, com grande enfoque nos personagens.

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Cassy
    set 19, 2011 @ 15:56:33

    Essa série é linda d+! Deu até vontade de ler de novo 😀

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: