A Torre Negra Vol.3 – As Terras Devastadas

Título: A Torre Negra Vol.3 – As Terras Devastadas
Título original: The Dark Tower Vol.3 – The Waste Lands
Autor: Stephen King
Ano de publicação: 2005 (primeira edição de 1991)
País de origem: Estados Unidos
Tradução: Mário Molina
Editora: Objetiva – 528 páginas

Em Terras Devastasdas, o terceiro volume da série A Torre Negra, Stephen King finalmente atinge a forma certa da série num enredo que mistura a criação de um romance de fantasia, western e cultura pop.  Roland Deshain e seu kat-tet formado pela paraplégica Susannah e pelo ex-viciado Eddie Dean agora precisa treinar para alcançar seu destino final, a Torre Negra. Mas antes disso, eles precisam lidar com a falta perturbadora de um dos membros do ka-tet, mas ninguém parece saber ao certo como encontrá-lo.

Como já tinha dito anteriormente, os dois primeiros livros dessa série, O Pistoleiro e A Escolha dos Três, vinham carregados dos traços de imaturidade do autor (King começou a escrever essa série aos 19 anos) o que faz desses volumes obras bastante inconsistentes, com momentos bons perdidos em meio a um caos de descrições. No entanto, Terras Devastadas, marca a maturidade da série apresentando um enredo muito bem construído e uma caracterização de personagem impecável.

O pistoleiro Roland e o garoto Jake roubam a cena nesse livro e sinceramente, os tormentos na cabeça dos dois foram com certeza uma das coisas mais brilhantes que já li em livros de fantasia/terror. Além disso, a dinâmica entre o ka-tet é mostrada pela primeira vez à medida que Roland passa a seus companheiros as lições de pistoleiro. É interessante observar como os papéis vão se estabelecendo enquanto Eddie e Susannah lutam para compreender o mundo pós-apocalíptico em que foram atirados, onde tantas coisas lembram seus próprios mundos.

O Mundo Médio, inclusive, é uma criação muito interessante da parte de King. A idéia é que este é um mundo em decadência, que “seguiu adiante”, e somente rastros da civilização e culturas em decadência foram deixadas para trás. Não se sabe ao certo o que causou esse apocalipse ao Mundo Médio, mas a referência à misteriosa Sombra Corporation está sempre presente assim como o número 19 e seu misterioso significado contectado à morte. Há indicações de guerra, desastres naturais e nucleares durante todo o volume e pela primeira vez o leitor entende o que realmente é a Torre Negra e como ela é sustentada pelos frágeis Feixes de Luz.

Em meio a milhares de referências, inclusive de trabalhos do próprio King (agora de cabeça eu me lembro de A Coisa e The Stand, e é claro, do personagem Randall Flagg que parece estar em todo lugar nos livros do autor), Terras Devastadas traz ao leitor uma compreensão maiordo que a jornada de Roland realmente significa. Espere cenas de ação, de terror e suspense, um pouco de drama e até um angst. Livro recomendadíssimo e a melhor porta de entrada para se apaixonar por essa série. Vale muito a pena!

Claro que sempre é bom lembrar que essa é uma série adulta, ou seja, os níveis de violência, palavrão e sexo são compatíveis a isso.

A série continua com Mago e Vidro (Wizard and Glass), Lobos de Calla (Wolves of the Calla), A Canção de Susannah (The Song of Susannah) e A Torre Negra (The Dark Tower). Todos já publicados no Brasil pela editora Objetiva. Esse ano, King lança um spin-off (uma espécie de livro extra entre outros dois livros) chamado The Wind Throught the Keyhole (e como assim só fiquei sabendo desse livro agora????).

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Liége
    jan 19, 2012 @ 22:55:37

    Que legal, o Stephen King começou essa série com 19 anos?? Não sabia disso! Meu cunhado adora essa série, um dia tenho que ler, parece muito bom.

    Responder

    • Melissa
      jan 20, 2012 @ 02:20:04

      Liége, ele demorou mais de quarenta anos para terminá-la! É incrível ler a série e acompanhar o amadurecimento do King como escritor.

      Leia sim, mas é como eu disse, só fica bom depois do livro 3.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: