Top 5 Mulheres da Fantasia

No Dia Internacional da Mulher, nada mais justo e cliché do que trazer à tona as mulheres que marcaram os livros de fantasia. Seja porque salvaram o mundo, lutaram contra o mal ou simplesmente foram atrás do que queriam, essas mulheres mostram que podem ser tão herois quanto os caras.

Mulan, a princesa que nem é princesa

Okay, Mulan não está num livro de fantasia propriamente dito, mas é uma imagem emblemática. Afinal, ela é a única princesa da Disney que literalmente salvou o reino sozinha e ganhou uma reverência do imperador! E olha só, ela nem é princesa de verdade!

Vamos lá pra nossa listinha!

5. Hermione Granger

Hermione começou na série Harry Potter como uma menina sabe-tudo insuportável, mas terminou como uma mulher madura e adulta que lutou pelo que acreditava até o fim.

Alguém aí tem dúvidas de que sem Hermione provavelmente Harry nunca teria conseguido derrotar Voldemort? Pois nem Ron nem o próprio Harry parecem duvidar do fato. Ao longo da série, os dois reconheceram várias vezes a ajuda da amiga que impulsionou fatos importantes no livro como descoberta de pra que servia o cachorro de três cabeças no terceiro andar em Pedra Filosofal, qual era a criatura na câmera secreta em Câmara Secreta, a formação da Armada de Dumbledore em Ordem da Fênix e a sobrevivência do trio durante a primeira parte de Relíquias da Morte. Isso sem contar que ela foi nada menos que a melhor aluna de Hogwarts em seu tempo, reconhecida por vários professores, inclusive Dumbledore, como uma bruxa extremamente talentosa para sua idade. Aos 14 anos, ela recebeu a honraria (e responsabilidade!) de portar um vira-tempo só para poder assistir mais aulas!

A grande característica de Hermione é mesmo a inteligência e ela provavelmente é a personagem mais inteligente da série (porque o Dumbledore era sábio, o que é diferente). Além disso, Hermione é o símbolo do pensamento político na série. Desde o início, é ela quem se posiciona politicamente em relação ao que acontece: ela reconhece e luta contra a opressão contra os elfos domésticos, mesmo sendo zuada pelos colegas; é a primeira a perceber a manipulação de Dolores Umbridge em Hogwarts e organiza uma resistência; se posiciona contra as ideias de Ministros da Magia sem medo de ser recriminada. Hermione fala o que pensa e se posiona muito mais criticamente do que Harry e Ron jamais foram capazes de fazer.

No entanto, como qualquer bom personagem, Hermione tem lá suas fraquezas. Quando mais nova era bastante insegura, insegurança essa que se confundia facilmente com arrogância e soberba em alguns momentos. Foi necessário todo o decorrer da série para que Hermione conseguisse perceber a diferença entre se provar e se colocar a prova. Além disso, ela é bastante sensível e conhecida por se emocionar fácil e chorar a toa. Sua tendência a colocar os estudos acima de tudo também foi bastante trabalhada durante a série.

 Hermione fez escolhas difíceis a fim de seguir aquilo que acreditava (ou vocês acham que é fácil apagar a memória dos próprios pais?) e lutou com todas as armas que dispunha até o fim. E durante os momentos mais difíceis da série, ela demonstrou sangue frio e responsabilidade na hora de agir. Não dá pra negar que ela foi uma grande figura feminina.

4. Nihal

Em Crônicas do Mundo Emerso, Nihal é a grande protagonista. Da menina revoltada que gostava de pensar que era um guerreiro, Nihal se torna uma mulher forte que tem que lidar com os preconceitos e dificuldades da sociedade que a exclui.

Lembrando: Nihal é excluída por dois motivos. O primeiro por ser mulher e o segundo por ser semi-elfo. Em meio a toda essa atmosfera hostil, ela tem que aprender a lidar com uma missão quase impossível que envolve situações que estão muito além do seu controle.  Mas mesmo assim ela se torna a primeira mulher a assumir o título de Caveleiro de Dragão.

Nihal é um dilema que anda, o que confere uma boa dose de drama à série (e quando digo boa dose, quero dizer muito drama mesmo), mas todo esse sofrimento só faz com que ela pareça mais real aos olhos do leitor.

Sua maior qualidade é mesmo o talento que tem com armas e a coragem para utilizá-las. Nihal não tem medo de briga e seu lance é força física mesmo. Nos momentos mais críticos da série, ela contou com sua habilidade para se salvar e salvar seus amigos.

Mas essa mesma habilidade é também seu grande defeito. Nihal acaba descontando tudo na briga e descobre, para seu horror, que gosta da guerra. Ela demora a série inteira para descobrir o real significado da guerra e da paz e para encontrar a resposta para uma grande pergunta: o que faz um grande guerreiro em tempos em que já não há mais lutas?

Mais forte que qualquer um da série, Nihal acaba sendo um bom exemplo de superação. Mesmo com todo o drama, lágrimas e  corações partidos, ela mantém a cabeça erguida segue com a responsabilidade de salvar o Mundo Emerso.

3. Daenerys Targaryen

Só o epíteto dessa aí já é impressionante: Daenerys Targaryen, Filha da Tormenta, a Não Queimada, Mãe de Dragões, Rainha de Mereen, Rainha dos Ândalos e dos Primeiros Homens, Senhora dos Sete Reinos, Khaleesi dos Dothraki, a Primeira de Seu Nome.

E sabe o que é mais impressionante? É que a mulher vive à altura do título que tem!

Uma mistura de inocência, loucura e obstinação, Daenerys é, para mim, a personagem feminina que mais se destaca na série As Crônicas de Gelo e Fogo. De menina submissa explorada pelo irmão mais velho, Daenerys se torna uma rainha de verdade com pulso firme e coragem, sem deixar de lado alguma compaixão.

A grande característica de Daenerys é mesmo a auto-confiança que tem em se sentir a legítima dona do Trono de Ferro. Todas as outras inseguranças que ela tem acabam sucumbindo perante a essa noção de que é ela quem deve governar os Sete Reinos, que são seus por direito de nascença. Todos os passos que dá têm como objetivo tomar de volta a glória de sua família e seu direito parece ter sido comprovado com o renascimento dos dragões que já estavam extintos há um tempinho. Quando se vê sozinha, sem irmão e sem marido, ela não abandona seu ideal e, pelo contrário, torna-se mais obstinada para conseguir o que é seu. Possui um forte espírito de liderança que atrai o povo para si nas situações mais difíceis.

Como fraqueza, eu diria que Daenerys, como seus antepassados Targaryen, flerta demais com a loucura. Suas ações, apesar de muitas vezes terem se mostrado prova de uma longa consideração e meditação, às vezes parecem radicais e/ou completamente fora de propósito. Tudo bem que no final tudo costuma dar certo (pelo menos até agora), mas a impressão que se tem é de que quem brinca com fogo pode mesmo um dia se queimar.

Daenerys tem força e determinação além de não ter medo de arriscar. A série ainda não acabou, mas podemos com certeza esperar grandes coisas dessa aí.

2. Katniss Everdeen

A garota em chamas é a protagonista da série Jogos Vorazes e não deixa nem um pouco a desejar como heroína. Corajosa, sabe sacrificar a si mesma por aquilo que ama e não tem medo de enfrentar o perigo.

Já no começo da série, sabemos que Katniss não tem ressalvas em matéria de correr atrás do que é preciso. Depois da morte do pai, é ela quem fica responsável por prover a família composta por sua mãe e irmã. Katniss infringe a lei e vai caçar para colocar comida na mesa, mesmo ainda sendo uma adolescente.

Durona, Katniss passa de garota responsável pela família para ícone dos Jogos Vorazes e finalmente para símbolo de toda uma revolução! Jogada em meio a essa situação, nem sempre ela sabe o que fazer, mas sempre dá tudo de si para resolver a situação. Katniss atira, corre, chuta, briga, xinga e agride à medida que entende o que se passa a seu redor e aprende mais sobre si mesma.

A característica definitiva de Katniss é mesmo a coragem. É essa coragem que faz com que ela se arrisque para proteger aqueles que ama até o fim. E quando digo até o fim é até o fim mesmo. Katniss é daquelas que sai da lama (às vezes literalmente) pra fazer o que tem que ser feito.

O problema é que essa obstinação toda às vezes faz com ela utilize o velho “os fins justificam os meios” e Katniss faz muita burrada ao longo da série, às vezes até mesmo toma atitudes ruins e cruéis. O grande paradoxo da personagem é justamente esse: ao mesmo tempo que ela é capaz de fazer tudo por algo bom, ela faz o que for preciso pra conseguir isso. Ela própria reconhece isso quando, numa conversa com Peeta sobre manter a sanidade e a humanidade nos Jogos Vorazes, diz: “Eu não posso me dar ao luxo de pensar assim”.

Mas no final das contas tudo que Katniss sempre desejou foi uma vida tranquila ao lado de sua família no Distrito 12. Sua indecisão em relação a Peeta ou Gale é só uma representação de sua batalha interior maior: a serenidade da vida que ela deseja versus a raiva represeda que ela tem dentro de si. Com certeza uma das melhores e mais fortes protagonistas femininas (e porque não dizer protagonistas em geral?) de séries contemporâneas.

 1. Éowyn

Sem ela provalmente não teríamos nenhuma das outras. Num livro tão masculino quanto O Senhor dos Aneis, Éowyn se destaca pela coragem e determinação. Como ela mesma diria, “Por que é que não se pode lutar por aqueles que ama?”.

Éowyn é a sobrinha do rei de Rohan, sendo que seu irmão é o herdeiro do trono. Já em suas primeiras aparições percebemos que ela é uma mulher de atitude e que não gosta de ficar presa no palácio enquanto vidas estão sendo perdidas na guerra.

Como eu já disse antes, O Senhor dos Aneis é a obra mais aclamada e influenciadora da fantasia contemporânea e não poderia ser diferente na questão das mulheres. Éowyn é o paradigma da princesa que aprende a lutar escondido de todos e que tem que se disfarçar e esconder a fim de ir para a luta.

A rohirim incorpora bem todas as características das outras membros desse top5: ela é inteligente (afinal, foi quem percebeu que havia algo errado com seu tio Théoden e Grima constantemente a ameaçava), tem habilidade com armas (a mulher simplesmente derrtou o Rei dos Bruxos!), uma vontade de provar ser honrosa de seus ancenstrais e uma coragem quase inabalável.

Éowyn é a primeira mulher guerreira da fantasia contemporânea! Nada mais justo que ela ganhe o primeiro lugar.

Isso sem contar que ela tem uma das falas mais legais: "Eu não sou um homem!" e dá-lhe!

E qual das cinco é a sua favorita? Vocês se lembram de outras mulheres que fizeram a diferença em livros de fantasia?

Anúncios

18 Comentários (+adicionar seu?)

  1. R. Costac
    mar 08, 2012 @ 00:40:50

    O que seria de nós homens sem o mais forte dos seres? A mulher. Bela homenagem. Parabéns.

    Responder

  2. Liége
    mar 08, 2012 @ 00:49:07

    Aaah, eu fiquei até emocionada de ver a Éowyn em primeiro lugar. Puxa, eu me lembro até hoje de quando estava lendo SdA e ela soltou aquela frase. Me arrepiei inteira quando ela disse que não era um homem! A minha favorita é ela, seguida da Hermione (embora eu também goste muito da Daenerys, só conheço ela pela série). As outras duas ainda não conheço!

    Outra personagem feminina que eu gosto muito é a Lúthien Tinúviel, a icônica elfa que se apaixona pelo Beren no Silmarillion. Ela faz mundos e fundos pelo amado e ainda por cima tem um companheiro cachorro, não tem como eu não gostar, hahaha! A mulher enfeitiça o Morgoth…

    Uma coisa engraçada é que eu me identifico mais com a Hermione do que qualquer uma, embora goste muito de todas as que conheço. Eu nunca fui do estilo durona, e eu acho um barato o fato de a Hermione ser sensível e corajosa ao mesmo tempo (gosto de pensar que isso é possível =D). Acho legal a Rowling ter criado uma personagem assim, que não é nem uma fortaleza nem uma bunda mole, ela foi se desenvolvendo muito bem ao longo da série.

    Responder

    • Melissa
      mar 08, 2012 @ 01:42:17

      Não tem como a Éowyn não estar no primeiro lugar! Ela é única e como você disse, é de arrepiar!

      Eu também gosto demais da Hermione, até porque ela é super sensível. Eu também acho que é possível ser sensível, corajosa e mega inteligente ao mesmo tempo. Eu adoro o modo como ela se desenvolve durante a série pra se tornar uma mulher madura. Putz, ela foi torturada e não abriu a boca!

      Vale a pena você conhecer a Katniss, Liége. Essa aí é outra que é tão real que dá até medo.

      🙂

      Responder

      • Liége
        mar 08, 2012 @ 19:58:08

        Sabe que eu nutro uma simpatia pela Katniss, mesmo não a conhecendo =D… pelo que se diz dela e do Peeta, parecem personagens muito legais.

  3. Liége
    mar 08, 2012 @ 00:50:27

    AAh, e eu adoro a Mulan, hahaha!

    Responder

    • Melissa
      mar 08, 2012 @ 21:33:32

      A Mulan é a melhor princesa Dinsey! Até hoje eu lembro das músicas do desenho!

      “Vou vencer! Seremos rápidos como um rio / Com força igual a de um vulcão / Na alma há sempre uma chama acesa / Que a luz do luar nos traga inspiraçãaaaaaaaaaaaaaaao” *cantando feliz*

      Responder

      • Liége
        mar 20, 2012 @ 19:21:57

        Acho que essa música é a melhor da Disney, sério mesmo. Eu vi Mulan pela primeira vez no auge da minha prática de karate (que já se foi), então quase saí fazendo kata pela casa =D

      • Melissa
        mar 21, 2012 @ 00:51:29

        Com certeza as músicas desse desenho são inesquecíveis! São envolventes e têm uma mensagem legal. Tem tambéma aquela hilária “a mulher pra mim tem que ser um colosso – a mulher pra ele é a mãe que faz o almoço”. hahahaha Só de lembrar me dobro de rir.

  4. Cassy
    mar 08, 2012 @ 15:13:41

    Que lindo, Melissa. Adorei!!!! Pela descrição de cada uma, vê se que todas são guerreiras e obstinadas como as mulheres do mundo real.

    A Liége comentou algo bem interessante sobre a Luthién, gosto muito dessa personagem também.

    Enfim, pelo post. Parabéns 😀

    Responder

  5. Juliana Pires
    mar 08, 2012 @ 16:45:26

    Que post bacana Mel, parabens. Tenho que tomar vergonha e começar a ler Jogos Vorazes, tenho certeza que vou amar.
    Eu tenho que admitir que todo e qualqer comentario que eu fizer relativo a Harry Potter, tem a ver com os filmes, pois ainda não tive a oportunidade de ler os livros. Enfim, sempre achei a Hermione uma personagem muito forte, sua perspicácia e inteligencia iluminou muitas vezes a direção certa a ser tomada, sem elas Ron e Harry ficariam bem perdidinhos.
    Gosto de personagens fortes e decididas mesmo que as vezes “flertem com a loucura” (adorei essa parte), por que essa historias de personagens passivas sempre esperando ser salvas, com outros sempre tomando as decisões por elas não me agradam em nada e são muito chatas (e eu sempre lembro da Bella, quando falo isso).
    Sabe quem deveria ler esse post a Claris das Cronicas de Salicanda, o que voce acha?

    Responder

    • Melissa
      mar 08, 2012 @ 21:29:16

      Ju, eu pensei em colocar a Claris sim, mas acabei deixando de lado porque ela é uma “menina” ainda. Eu acho que a personagem vai crescer muito durante a série “Crônicas de Salicanda”, mas acho que ela ainda não amadureceu tudo. Mas eu adoro a Claris! Ela é ótima! Quem sabe no final da série ela entra pra uma lista dessas, né?

      Pois é, já chega essa de mocinhas esperando ser salvas, né? O lance é mesmo tomar iniciativa e ser heroína também!

      E leia “Jogos Vorazes”! Você não vai se arrepender!

      Responder

      • Juliana Pires
        mar 09, 2012 @ 10:20:08

        Mesmo tendo lido só o primeiro capitulo do livro tb acho que a Claris vai virar um heroína, tenho certeza que coragem não lhe faltará, mas a questão que eu tinha pensando sobre ela, é que deveria ler o post para conhecer as heroinas, já que acha que elas não existem (momento: ela deve estar louca).
        Vou começar a ler Jogos Vorazes, mas ando sem tempo para ler o livro, tenho certeza que vou amar.

        Mudando totalmente de assunto:
        Joan Jett pela primeira vez no Brasil!!

      • Melissa
        mar 09, 2012 @ 12:58:12

        Realmente, a Claris devia ter lido esse post! Aí acharia as heroínas que tanto procura… rs

        Você vai amar mesmo, Ju.

        Joan Jeeeeeeeeeeeeeeett! Eu queria TANTO ir, mas é tão caaaaaaaro.

  6. Camila - Leitora Compulsiva
    mar 08, 2012 @ 17:39:03

    Mel, adorei o seu post!!
    Acho mesmo é que temos que fazer uso dos clichês!! rs… O Dia da Mulher merece e deve ser visto como uma coisa boa. Um dia inteiro que temos para celebrar as alegrias de ser mulher! Tal como acontece em datas como Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças… Por que não?
    Adorei as mulheres que você mencionou! Duas delas eu não conhecia, porque não li os livros, mas, como concordei com tudo o que você escreveu sobre as que eu conheço, então sei que concordaria também!! rs…
    beijos
    Camis

    Responder

    • Melissa
      mar 10, 2012 @ 00:50:52

      Camis, clichês às vezes são bons. 🙂

      Se você não animar de ler as toras que são “Crônicas de Gelo e Fogo”, pode assistir a série de TV. Não é tão empolgante quanto os livros, mas é legal e tem bons atores e boa produção. Inclusive isso me lembrou que tenho que fazer um post sobre essa série de TV.

      bjs

      Responder

  7. Lucy
    mar 14, 2012 @ 21:19:41

    Apesar de Mulan não estar num livro de fantasia, ela é minha favorita! hahaha (conta como poema?)

    Gostei das suas indicações, Mel! Por um momento também achei que vc ia colocar alguma personagem de As Brumas de Avalon!
    Bjos bjos

    Responder

  8. Karen Alvares
    mar 18, 2012 @ 21:55:39

    Que homenagem linda, Mel, belo post! Achei merecido o primeiro lugar, mas a minha favorita ainda é a Katniss! hahaha 🙂
    A personagem de Game of Thrones, realmente, o Felipe mal começou a ler e disse que é uma das mais interessantes do livro. Preciso ler também! Queria ler em mãos, mas tô sem ânimo de comprar no momento… Sabe como é… $$$ rs
    Deu até vontade de reler Senhor dos Anéis lendo esse post!

    Responder

    • Melissa
      mar 20, 2012 @ 01:31:30

      Que bom que gostou! Eu também fiquei super com vontade de reler SdA…

      O Felipe tem razão: desde o começo a Daenerys é foda. rs

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: