Enquete: Qual é um preço justo para um livro digital?

Os e-readers (leitores de livros digitais) vieram para ficar. Cada vez mais leitores estão apostando nessa plataforma nova que oferece rapidez, agilidade e praticidade para leitores sem desconforto. Isso porque os e-readers apostam na tal “tinta digital”, ou seja, uma imagem de tela que não emite nem reflete luz, proporcionando conforto para os olhos na hora da leitura (é isso que os difere de um Ipad, por exemplo).

Várias marcas de e-readers já está disponíveis no mercado (dentro os mais famosos, o Kindle, o Nook, o Sony e agora o brasileiro Alpha) e algumas editoras nacionais já estão apostando na venda de livros digitais. Teoricamente, um livro digital poderia ser até 80% mais barato que um livro de papel (sem gráfica, sem transporte), mas não é exatamente isso que vemos por aí.

Um exemplar de Festim dos Corvos, quarto volume da série Crônicas de Gelo e Fogo, por exemplo, custa R$39,90. Sabe quanto custa a versão digital desse mesmo livro? R$39,90. Isso mesmo. O preço é igual! Você acha isso justo? É exatamente isso que queremos saber!

Qual é um preço justo para um livro digital (e-book)? 

Vote de deixe os seus comentários!

Anúncios

17 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Juliana Pires
    abr 20, 2012 @ 21:45:12

    Posso ser sincera, já li muito e-book no computador sem pagar, acho isso injusto por que deveria ter pago um preço justo pelo livro, até por que o autor precisa ter seu trabalho reconhecido.
    Eu adoraria ter um e-reader, e ficaria satisfeita pagando um preço justo para ler um livro, mas acho um absurdo um livro digital ser tão caro, qual seria a função de um e-reader se vão me cobrar o mesmo preço ou um preço ainda absurdo pelo livro digital, tem que ser em conta, por que se não perde a função.
    A leitura precisa de incentivo, e cobrar por um livro digital o mesmo ou tanto quanto o valor do livro físico, é mais um impecilho para a leitura se tornar um hábito praticado por um numero maior de pessoas.

    Beijos

    Responder

    • Melissa
      abr 20, 2012 @ 21:55:40

      Ju, eu acho que livros digitais com o mesmo preço que de papel acabam incentivando a pirataria. Foi o que aconteceu com a indústria da música. As gravadoras continuaram a cobrar R$40 por um CD sendo que os mp3 eram facilmente copiáveis… E aí deu no que deu. Eu espero que as editoras sejam mais esperta e baixem o preço dos livros, incentivando a leitura e diminuindo o incentivo à pirataria…

      Responder

  2. Liége
    abr 20, 2012 @ 22:12:33

    Acho um absurdo um livro digital custar o mesmo preço do livro impresso. O que justifica isso? Custos com impressão e distribuição? Eu acho que não. Como a Juliana falou, se as editoras passarem a cobrar o mesmo preço, o objetivo da coisa toda se perde.

    Os autores merecem ter o reconhecimento pelas suas obras e acho que os e-books tem que ser pagos, é claro! Mas esse tipo de atitude como aconteceu com o Festim dos Corvos chega a me deixar irritada. Acredito que eles saibam que esse é um livro que tem bastante procura e simplesmente aproveitam para lucrar o quanto puderem em cima. O preço dos livros no Brasil já é abusivo, e daí quando vem uma opção mais acessível, eles começam com essa graça?

    Responder

    • Melissa
      abr 21, 2012 @ 00:01:35

      Liége, eu também acho que e-book tem que ser pago, afinal, alguém trabalhou duro nele, né? Mas o preço tem que cair. Se não vira pirataria fácil fácil…

      Responder

      • Marco Savage
        abr 22, 2012 @ 21:07:57

        Trabalhou duro? Mesmo? Cara Melissa, você já comprou algum e-book nas livrarias brasileiras? O que escuto dizer, em sites especializados como o Revolução Ebook, é que tem editoras que simplesmente transportam o livro pra pdf (que pra ler num e-reader é o fim!), ou, então, fazem uma diagramação porca, horrenda, muitas vezes pior do que os livros digitais piratas. Mas é sempre assim… o plano de celular é uma porcaria, mas custa caro, o transporte público é uma porcaria, mas custa caro, os planos de saúde têm uma porcaria de atendimento, mas custam caro… pagar, infelizmente, nunca foi sinônimo de obter qualidade em nossas terras.

      • Melissa
        abr 22, 2012 @ 21:12:48

        Oi Marco, acho que você me entendeu mal. Quando eu falei de trabalho duro, estou falando do autor que escreveu o livro e trabalhou duro pra isso. Afinal, escrever um livro não é nada fácil. Não estava falando de editoras e sei sim que elas normalmente fazem um trabalho porco de transferência de pdf.

  3. Karen Alvares
    abr 20, 2012 @ 23:02:34

    Nossa, que absurdo o preço desse livro! Eu já acho um absurdo o preço impresso, imagine esse mesmo preço no digital. É editora querendo lucrar o máximo em cima disso e, plus, o governo tarifando o negócio loucamente. Por isso também aqui é tudo tão caro… impostos, os malditos.
    E pensar que apenas 10% (ou menos) vai para o autor. 4 reais, nesse caso? Chega a ser risível (pra não chorar). Por isso é quase impossível viver de direitos autorais.
    Eu acho que livros digitais têm que ser muito, muito baratos. Ridiculamente baratos. Senão, não adianta, a pirataria vence. É fácil baixar na net, então, já viu. Como disse a Mel, mesma coisa com a música. Depois ficam aí, de mimimi.
    Já vi exemplo nos EUA de gente vendendo livro digital (auto-publicável pela Amazon) pelo preço módico de 1 dólar. E ganhando bem. Porque aí sim as pessoas compram. E nesse caso, o dinheiro é todo pra o autor. Se pensar bem… ele só tá cobrando o direito autoral dele, às vezes até mais! Pra ver como autor se ferra.

    Responder

    • Melissa
      abr 21, 2012 @ 00:00:25

      Mas Kakazinha, livro é isento de imposto! É o único produto no Brasil que não paga NADA de imposto! O que faz a coisa ficar mais chocante ainda.

      Eu também acho que o preço de um e-book deve ser suficiente para pagar os direitos autorais e, óbvio, diagramação e edição. Mais nada.

      Responder

      • Karen Alvares
        abr 24, 2012 @ 19:48:16

        Totalmente isento, Mel? Alguma coisa as editoras têm que pagar, não é possível… Funcionários, aluguel do espaço, algo assim. Não é como uma igreja, é uma empresa. E isso eles devem embutir no preço, além do lucro, claro. Mas não justifica esse preço exorbitante.

      • Melissa
        abr 24, 2012 @ 22:11:54

        Kakazinha, livro é sim isento de imposto. Óbvio que eles têm funcionários então pagam o imposto trabalhista e tal, mas o imposto em cima do livro não tem. É sério isso. O governo considera isso uma forma de investir na educação. Agora estranhamente o livro digital não é isento de imposto. Dá pra entender?

      • Karen Alvares
        abr 25, 2012 @ 02:40:20

        Nossa… que marmelada, como assim o livro digital não é isento e o físico é? E esse preço então é mais injusto ainda. Nossa, não dá pra entender nada nesse país.

      • Karen Alvares
        abr 25, 2012 @ 02:42:43

        Então, mas o que eu tava falando era que mesmo que não tenha o imposto sobre o livro, tem sobre o monte de coisa anexa… Transporte, limpeza, funcionário, locações, estradas etc etc etc… A gente paga imposto em TUDO nesse país. Se bobear até pra ir no banheiro. É a isso que tô me referindo.

  4. Trillian
    abr 22, 2012 @ 03:30:52

    Tenho um Kindle há uns dois anos e amo, sempre tenho ele cheio de livros. Nunca comprei nenhum e-book, porque oi, não sou idiota. Estou disposta a pagar por um preço justo. Eu aceito pagar 40 reais num livro de papel (continuo comprando livros como antes, o Kindle não mudou em nada isso). Mas não aceito pagar isso num mero arquivo eletrônico. Pirateio sem culpa. Se achar justo, pago. Por exemplo, o Calibre, programa que uso pra converter os arquivos, é grátis. Mas eu fui lá e doei uma quantia, porque o programa é bom e aí acho justo pagar.

    Responder

  5. Camila - Leitora Compulsiva
    abr 23, 2012 @ 21:11:41

    Oi Mel,
    Tenho uma porção de teorias sobre esse assunto, mas vou tentar ser breve aqui!
    Em primeiro lugar, temos que avaliar quanto custa cada etapa da produção de um livro. Então vamos pensar que uma editora compra os direitos de tradução de uma história (A), paga o tradutor (B), paga o revisor (C), paga pela capa (D) e paga a diagramação (E). Isso eu tô mencionando só o básico. Depois, fica faltando só a gráfica e o material. Devemos lembrar que a matéria prima para a fabricação de livros é imune de impostos. Então, se a gente for colocar na ponta do lápis, a impressão é praticamente o que menos custa nessa parada toda.
    Para se produzir um livro digital, a editora tem os mesmos custos A, B,C, D e E.
    A verdade é que o grande vilão dos preços dos nossos livros é a tiragem. E isso é pura matemática. Se meu custo foi de R$ 1.000,00 e eu quero um lucro de R$ 1.000,00, significa que preciso ganhar no mínimo R$ 2.000,00, certo? Ok! Se a tiragem for de 10 livros, o livro terá que custar R$ 200,00. Se for de 100 livros, R$ 20,00. E não importa se o livro é impresso ou digital.
    Quer um exemplo? Um livro do Harry Potter, no lançamento, custava R$ 49,90. Por que? Porque a editora pagou uma nota preta pelos direitos do livro. Os primeiros que compraram o livro, por esse preço, estavam pagando todo o preço dessa produção! Agora que o custo já foi completamente pago, a editora pode cobrar R$ 20,00 por exemplo, porque agora é só lucro!
    Realmente acho que o livro digital tem que ser mais barato, mas entendo quando ele não custa tão mais barato assim!
    Beijos
    Camis

    Responder

    • Melissa
      abr 23, 2012 @ 22:55:50

      Camis, sim, eu concordo com isso. Os gastos de revisão, tradução e edição são os mesmos. A diferença fica mesmo na tiragem e gráfica é uma coisa bem carinha… O problema é que o preço não pode ser o mesmo. Tem que ser mais barato. Agora quanto mais barato isso deve ser ainda não sei. Por isso coloquei essa enquete! rs
      bjs

      Responder

  6. João Pedro Fontoura (@JP_FONTOURA)
    maio 01, 2012 @ 16:24:21

    Até eu encontrar esse post, pensava que só eu havia achado os preços dos e-book um absurdo, diferença de 2 , três reais, excleente blo já está na minha lista do G reader

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: